Engenho Central

    Engenho Central (Foto: Nelson Kon / Brasil Arquitetura)
    Engenho Central na margem direita do Rio Piracicaba: um cartão postal da cidade (Foto: Nelson Kon / Brasil Arquitetura)

    No Engenho Central de Piracicaba tudo é imponente. Os prédios, a história, a beleza, a paisagem. Por isso mesmo é um patrimônio histórico e cultural da cidade, passagem obrigatória para os turistas que vêm à cidade.

    O complexo do Engenho é utilizado para exposições, shows, festas, peças de teatro, além de sediar a Secretaria Municipal de Ação Cultural e Turismo. Não bastasse tudo isso, fica na margem direita do Rio Piracicaba. Juntos, formam um dos mais conhecidos cartões postais da cidade.

    Publicidade

    Complexo arquitetônico do Engenho Central

    Foto antiga do Engenho Central de Piracicaba
    Foto antiga do Engenho Central de Piracicaba (fonte: SemacTur)

    A antiga fábrica de açúcar que deu origem ao Engenho Central foi construída no início da década de 1880 e era propriedade do Barão de Resende (Estêvão Ribeiro de Sousa Resende). Os enormes prédios abrigavam moderno maquinário importado para processamento da cana-de-açúcar. Já se vislumbrava a implantação de sistemas mecanizados que substituiriam a mão de obra de escravos.

    O engenho de açúcar funcionou até 1974 e em 1989 a área foi considerada de utilidade pública e tombada pelo Codepac (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural) de Piracicaba. O conjunto também foi tombado pelo Condephaat (estadual) e está em processo de tombamento pelo Iphan (federal).

    Apresentações culturais

    É difícil ir ao Engenho Central de Piracicaba e não encontrar uma atividade cultural interessante em curso. O espaço abriga inúmeras atividades que se desenvolvem ao longo do ano, com o Salão Internacional do Humor de Piracicaba (que ocorre anualmente e tem sede em um dos galpões do Engenho).

    Também ali ocorrem anualmente a Festa das Nações e a encenação da Paixão de Cristo. Um dos galpões abriga o Teatro Erotídes de Campos, com capacidade para 422 pessoas. Apresentações da cultura tradicional de Piracicaba (como cururu, samba de lenço, batuque de umbigada) também ocorrem esporadicamente no local.

    Complexo turístico

    O Parque do Engenho Central está integrado a outros pontos turísticos de Piracicaba, formando um importante polo de atração de pessoas de diversos locais do país. Em 1992 foi construída a Ponte Pênsil, outro cartão postal de Piracicaba, que une o Engenho à região Central da cidade passando sobre o Rio Piracicaba.

    O Engenho é vizinho do Parque do Mirante, fica à margem do Rio Piracicaba. Por meio de uma ponte para pedestres, pode-se chegar à Rua do Porto e ao Parque da Rua do Porto (e por dentro deste, chega-se à unidade do Sesc).

    É vizinho também do Elevador Turístico Alto do Mirante, de onde pode-se ter uma bela vista da cidade e do Rio Piracicaba.

    Serviço

    Horário de funcionamento: diariamente, das 6h às 22h
    Telefone: (19) 3403-2600
    Acesso também pela Passarela Pênsil (Av. Beira Rio), pela Passarela Estaiada (Av. Beira Rio) e pelo Bosque do Morato (Ponte do Morato).

    Engenho Central
    Avenida Maurice Allain, 454, Piracicaba - SP

    Próximos eventos neste local

  • Nenhum evento nesse local.

  • DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor, digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome