Emicida e Anelis Assumpção na Festa dos Batuques Paulistas

Emicida participa da Festa dos Batuques Paulistas
Emicida participa da Festa dos Batuques Paulistas dia 11/6

Data: 10/06/2021 - 13/06/2021
Horário: Dia inteiro
Local:
Link: Youtube
Ingressos: Gratuito
Classificação: Sem informações

A segunda etapa da Festa dos Batuques Paulistas começa nesta quinta, dia 10 e se estende até domingo (13), com intensa programação que inclui a participação do happer Emicida e a cantora Anelis Assumpção. A primeira etapa aconteceu no fim de semana anterior, de 3 a 6.O objetivo da festa digital é unir artistas contemporâneos e as tradições caipiras de origem afrobrasileira presentes no interior de São Paulo com  shows, lives em comunidades e rodas de prosa.

Entre as uniões promovidas pelo projeto neste fim de semana estão Anelis Assumpção com Batuque de Umbigada (Capivari, Piracicaba e Tietê). Emicida estará numa roda de conversa inspirada pelo conceito do neosamba, presente no documentário AmarElo. O encerramento terá a cantora Lenna Bahule, de Moçambique, acompanhada pelo grupo local Associação Cultural Hodi.

Também está confirmada a participação de diferentes artistas e pesquisadores da cidade, como Antonio Filogenio Junior, Andréa Martins e Mayra Camargo.

As transmissões acontecem no canal do Youtube oficial do projeto. A iniciativa foi contemplada pelo Proac LAB e é apresentado pelo Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

“A formação dos grupos aconteceu em formato reduzido, com distanciamento adequado, seguindo os protocolos contra a Covid-19 e preservando as pessoas mais idosas ou de grupo de risco”, afirma Mayra Camargo, produtora do projeto.

Parcerias entre grupos tradicionais e artistas contemporâneos

As apresentações são realizadas a partir dos territórios das próprias comunidades tradicionais, permitindo ao público conhecer estes espaços e suas histórias, acompanhar os diálogos e reconhecimentos proporcionados por estes encontros, além o diálogo musical riquíssimo e surpreendente de Anelis Assumpção com o Batuque de Umbigada.

Para além dos shows, esta interação estará presente também na Roda de Prosa: “Do samba de bumbo ao neosamba”, inspirada no conceito abordado por Emicida no documentário AmarElo. O artista compartilhará a mesa com as mestras do Samba de Bumbo Rosa Sales e Fabiana Camargo e o pesquisador e sambista Tadeu Kaçula.

Tradições paulistas e origens da África Bantu

Será realizado um encontro entre as tradições paulistas e suas origens da África Bantu guiado pelo pesquisador e filósofo Antonio Filogenio de Paula Junior. A atividade contará com a participação dos pesquisadores Bas’llele Malomalo, Mestra Janja e Taata Nkisi Katuvanjesi, que abordarão as raízes culturais afro-brasileiras, e precede o show de encerramento do evento com a artista moçambicana Lenna Bahule e a Associação Cultural Hodi, de Maputo.

“Assim, chegaremos às matrizes africanas dos nossos batuques afrocaipiras tanto com o olhar sobre a primeira diáspora, ligada aos povos africanos que foram trazidos ao Brasil no período da escravidão, quanto às diásporas contemporâneas, dialogando com as comunidades de refugiados africanos que moram no Brasil atual e que têm sua origem no tronco linguístico-cultural bantu”, diz Antonio Filogenio.

Mais informações podem ser obtidas no Facebook e no Instagram (@festadosbatuquespaulistas) e também no site oficial.

Programação

10 DE JUNHO quinta

19h00 – 20h30

Prosa ao vivo | Juventude batuqueira: preservando circularidades
Bianca Lúcia (Jongo Dito Ribeiro/ Campinas)
João Mário Machado (Samba de Bumbo Cururuquara/ Santana do Parnaíba)
Robert Campos (Batuque de Umbigada/ Capivari)
Mediação: Mayra Camargo (Batuque de Umbigada/ Piracicaba)

11 DE JUNHO sexta

19h00 – 20h30

Prosa ao vivo | Do samba de bumbo ao neosamba
Emicida (São Paulo)
Rosa Pires Sales (Samba de Bumbo Nestão Estevão/ Campinas)
Fabiana Camargo (Samba Lenço/ Mauá)
Mediação: Tadeu Kaçula (NFNB e UNAFRO/ São Paulo)

12 DE JUNHO sábado

18h00 – 19h00

Prosa musicada (ao vivo):
Jongo do Tamandaré (Guaratinguetá)

19h00 – 21h00
Show + bate-papo (ao vivo):
Batuque de Umbigada (Capivari, Piracicaba e Tietê) + Anelis Assumpção (São Paulo)

21h00 – 23h00
Festa!
com Dani Nega

13 DE JUNHO domingo

15h00 – 16h00
Prosa musicada (ao vivo):
Samba de Lenço Mestre Tonho (Piracicaba)

16h00 – 18h00
Prosa ao Vivo | A contribuição dos saberes bantu na constituição da cultura afro-brasileira
Prof. Bas’llele Malomalo (Unilab/ Salvador)
Taata Nkisi Katuvanjesi – Walmir Damasceno (CICIBA e Ilabantu/ Itapecerica da Serra)
Mestra Janja Araújo (Grupo Nzinga e UFBA/ Salvador)
Mediação: Antonio Filogenio Junior (Batuque de Umbigada/ Piracicaba)

18h00 – 18h30
Show de encerramento:
Lenna Bahule com Associação Cultural Hodi (Moçambique)

Como chegar Map Unavailable

Coloque na sua agenda iCal 0 As informações sobre os eventos (datas, horários, preços etc.) são de responsabilidade dos promotores e podem ser alteradas por eles em aviso prévio. Confirme as informações com os promotores previamente.

Veja mais eventos

Deixe um comentário